"Escrever é usar as palavras que se guardaram: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer." [M.S.T.]

8.11.09


E mais uma vez portei-me como uma criança, meu amor. Mas amo-te de verdade, como uma mulher.
Desculpa não saber agir. Ultimamente, não consigo raciocinar muito bem. A culpa é deste amor, que cresce inconscientemente, por mais que eu tente suprimi-lo. A culpa é minha também. Que não penso antes de te dizer coisas que não sinto nem nunca senti.
Aqui fica o meu pedido de desculpas, não por te amar demais, mas por ser demais aquilo que faço por ti.

1 comentário:

  1. não te preocupes ...porque quem ama nunca é racional :) é esse o encanto :)

    bj
    teresa

    ResponderEliminar

.