"Escrever é usar as palavras que se guardaram: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer." [M.S.T.]

2.4.10

o teu silêncio continua, e desde então nada mais na minha vida deu certo. não me trazias só o amor, percebo que carregavas em ti a alegria dos meus dias e a vontade de ser feliz. isto tudo para dizer que só me apetece morrer.

4 comentários:

  1. :(

    Somos duas...

    Roubei o post anterior a este e linkei-o num documento de 9 páginas q "lhe" enviei...

    FORÇA NISSO.

    BeijOoOooOOO

    ResponderEliminar
  2. não podemos fazer depender a nossa felicidade dos outros.. custa a aprender, custa e dói muito.. mas quando conseguimos aprender a viver com esse silêncio, aprender a viver e a gostar da nossa solidão (a boa, claro) é tão bom.. :)

    beijinho minha querida.. e força**

    ResponderEliminar
  3. estamos perto do final... se final houver.
    o capítulo 18, é o último capítulo do livro
    quem já leu o "Continuando assim...", sabe como termina o livro.
    A todos vocês que têm andado por aqui pacientemente , lanço o desafio prometido .
    Antes de publicar o último capítulo , gostava que me dissessem como gostariam de terminar esta história de Alice e André.
    Podem publicar os "vossos finais" nos comentários ou mandar directamente para o mail
    queirozteresam@gmail.com
    Irei postar aqui todos os finais possíveis , todos os "vossos finais" :)
    Estou quase certa que algum de vós encontra o final perfeito.
    está lançado o desafio, para já espero as vossas respostas
    um grande beijo a todos !!

    Teresa

    ResponderEliminar
  4. Talvez esse silêncio grite ainda mais que mil palavras. Aprende a ouvi-lo, e tira o melhor =D

    beijinho*

    ResponderEliminar

.