"Escrever é usar as palavras que se guardaram: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer." [M.S.T.]

10.1.09

A vida é puta. Dá, e cobra seu preço.


'simples assim.tem montanha russa? tem sim, senhor. tem maré mansa e água fresca? também tem, para a mamã e para a filhinha.mas tem o preço. quer tentar? arrisque. e se espatife, sim. é dela, é da vida, essa puta.com o tempo a gente vai conhecendo os preços, vai investindo no que paga proporcional,vai fugindo dos contratos leoninos e das cláusulas abusivas.quem subiu e desceu (de escada ou queda livre),sabe da deliciosa vertigem da altura e da dor dos dentes da frente quebrados. mas é boa, é gostosa a vida.ter em mente, todavia, que nada impede que ela trapaceie e esconda cartas na manga,só pra depois sorrir pelas nossas costas. ela, a vida. essa deliciosa puta.'*

1 comentário:

  1. é bem verdade isso tudo! é adorá-la e saber que, de repente, troca-nos as voltas todas!

    ResponderEliminar

.