"Escrever é usar as palavras que se guardaram: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer." [M.S.T.]

10.2.09


Quando te perguntei se ias ter 'saudades minhas uma dia', não estava a falar por hoje, nem daqui a um mês. Referia-me ao futuro, a muitos mais anos, ao tempo em que não vão existir mais mãos nem encontros ilógicos, ao tempo em que eu já não me vou cansar de esperar, ao momento em que as nossas vidas se vão descruzar de vez. Era esse o tempo das saudades. E se tivesses percebido não terias, de certo, respondido 'com certeza que sim'.

1 comentário:

  1. também eu já fiz essa questão. e também eu sinto que não perceberam bem onde eu queria chegar :/ *

    ResponderEliminar

.