"Escrever é usar as palavras que se guardaram: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer." [M.S.T.]

29.4.09


"(...) e elas tinham-lhe explicado como é que se faz, aconselhando-a sempre a nunca, sob pretexto algum, tirar o coiso da boca quando ele se estivesse a vir porque a esporra podia molhar a pessoa toda e meter-se nos olhos, e sabes querida, podes ficar cega por causa disso, e, além do mais, esse é o momento em que tudo explode em mil bocados e tu não vais querer tirá-lo da boca..."

-Última Saída para Brooklyn, de Hurbert Selby Jr.

Sem comentários:

Enviar um comentário

.