"Escrever é usar as palavras que se guardaram: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer." [M.S.T.]

15.4.09


Não sei muito bem se são sonhos. Se é apenas imaginação. Não sei se nasceram há anos se há poucos segundos. Não sei se é inato, se aprendi com aqueles com quem me cruzei. Não sei se os odeio, se os continuo a venerar. Não sei se são verdes (às vezes acho que já foram vermelhos). Não sei se cheiram a baunilha. Não sei. Acordei e perguntei à minha mãe se foi ela que me ensinou a fazê-lo. Sorriu e disse-me para me levantar. O dia passou. Mas não tenho a resposta. Mas eles, eles são muitos. Os Sonhos. (?)

1 comentário:

  1. e dixo ha os sonhos com cores sabores,aquele tal sem fim que poderas imaginar...com um beijo

    ResponderEliminar

.